MANUAL DO POETA


Manual do Poeta:
Tudo que Você Gostaria de Saber Sobre a Arte Poética

Diz o ditado popular que de médico e louco todos temos um pouco. Eu acrescentaria: de poeta, médico e louco, todos temos um pouco. Quem nunca na vida cometeu um poema (ou nunca se sentiu imbuído do espírito poético) atire a primeira pedra! Tem gente que acha que fazer poesia é “botar pra fora” (botar pra fora mesmo, como que num “parto”) uma seqüência de frases bonitas, dividindo o texto (mais ou menos arbitrariamente) em versos, pra ficar diferente de prosa. Mas poesia não é bem isso. A poesia tem suas regras, seus macetes, suas técnicas, seus recursos. E como toda arte, envolve transpiração, além de inspiração. É o que veremos neste livro, caro leitor.

3 comentários:

Herminia disse...

Por minha parte, quero lhe dizer que estou sentindo uma profunda admiração por você e seus dotes didáticos. Vou lhe dizer por quê: Decidi fazer-me um presente neste Natal passado e comprei seus últimos três livros (Manual do Poeta, A Arte da Escrita e Sopa no Mel). Comecei pelo primeiro e, desde então, continuo lendo um pouco cada dia. Vou saboreando o Português e deliciando-me com seus exemplos.
É fantástico ver como você sentiu a necessidade de dar exemplos, que foram tão bem escolhidos. Eu li, e li, e li... até terminar, e só não fiquei triste por terminar porque comecei a ler o seguinte (A Arte da Escrita).
Agora estou deliciando-me com este último. Como é lindo o Português! Nunca tinha percebido. E você tem razão: temos que ler, ler, ler. Infelizmente temos obrigações que não permitem exercer essa atividade com a freqüência desejável.
Passei o Manual do Poeta para Norberto, meu marido. Ele também está adorando, e admirando.
Esses livros deveriam ser lidos nas escolas de segundo grau. Seriam muito úteis e simpáticos aos estudantes.
Ainda não terminei A Arte da Escrita, mas não vejo a hora de começar o Sopa no Mel. E, possivelmente vou começar tudo de novo quando terminar o último. [...] (enviado por e-mail)

José Antonio Jacob disse...

Decerto este compêndio de noções essenciais para a prática poética, com muita utilidade, vai orientar e dirimir hesitações a respeito da boa maneira de escrever poesia. (enviado por e-mail)

Goulart Gomes disse...

Como Coordenador Geral do Movimento Internacional Poetrix desejo agradecer pela inclusão do POETRIX em seu excelente livro. Para nós é um importante reconhecimento da seriedade do nosso trabalho, que certamente será um primeiro passo na consolidação desse gênero, de inspiração oriental, mas genuinamente nacional.