MACHADO DE ASSIS: TREZE MELHORES CONTOS
Se você tem curiosidade de ler Machado de Assis mas não sabe por onde começar ou tem medo de se decepcionar, este é o portão de entrada.
Se você já é fã do “bruxo”, tem aqui o suprassumo de sua obra, para levar no seu Kindle, tablet ou celular e ler e reler em todos os lugares: na fila de espera, no engarrafamento, no metrô, no trem, no avião, no parque, na praia, até mesmo em casa.
Mais informações clicando aqui.

DINHEIRO NÃO TRAZ A FELICIDADE



Se o dinheiro não traz a felicidade, deixa-me ser infeliz com 1 milhão de dólares em Paris”, costumava dizer um amigo de adolescência pra lá de galhofeiro (que na vida adulta se tornou um respeitado documentarista). O fato (cientificamente comprovado) é que o dinheiro pode aumentar o bem-estar, logo, a felicidade, mas até certo patamar: pra quem tem 1 milhão de dólares, mais 10 mil não fazem a menor diferença, mas para mim fazem, e muita!

Carl Barks, o “Homem dos Patos” criador do Tio Patinhas (e autor da pintura acima que tirei da capa do Volume 7 de As Obras Completas de Carl Barks - foi nessa revista que peguei também a citação a seguir) disse em entrevista concedida em 1983: "Sinto que um homem rico, não importa o quão rico seja, não é mais feliz ou satisfeito que um homem pobre. Então, sua riqueza de nada lhe serve. O rico não tira da vida nada que o pobre não tire. O pobre pode aproveitar os simples pequenos prazeres e se empolgar com eles tanto quanta o rico pode ir à ópera e morrer de tédio, ou ir às corridas de cavalo, perder alguns milhares de dólares e ficar furioso por isso durante toda a tarde. O dinheiro não compra nada que valha a pena, só coisas materiais".

Nenhum comentário: